fbpx

Saiba se a sua empresa está pagando mais impostos do que deveria

O Brasil já é um país “recheado” de impostos, o que faz com que as empresas tenham uma carga tributária enorme.

Muitas vezes, além do já comum peso dos tributos normais, uma empresa pode estar pagando mais impostos do que ela deveria.

Será que isso está acontecendo com a sua empresa?

Esse erro tributário pode ocorrer, na maioria das vezes, por conta da substituição tributária, que é quando um produto está com a configuração errada e a sua empresa está pagando mais impostos do que realmente deve.

Nesses casos, e também para evitar que coisas desse tipo aconteçam, é sempre importante você ter a orientação de um contador e, ainda mais, do seu fornecedor de software.

Um software de gestão, aliás, é muito importante para que você possa ter esse controle tributário e financeiro da empresa.

Neste artigo, você irá saber um pouco mais sobre o que é a substituição tributária e como fazer para evitar que sua empresa acabe pagando impostos em demasia.

Quer saber tudo para entender se a sua empresa está pagando mais impostos do que deve à Receita Federal? Então não deixe de acompanhar este texto até o final!

Sua empresa está pagando mais impostos do que deveria: Saiba tudo sobre substituição tributária

Fluxo da substituição tributária do ICMS
Entenda o fluxo da substituição tributária do ICMS

O que é substituição tributária?

Quando a sua empresa realiza uma venda, ela faz o pagamento de impostos municipais, estaduais e federais, isso é o normal.

Entretanto, muitas vezes acontece de diversas empresas pagarem mais impostos do que elas realmente deveriam à Receita.

Inclusive, isso pode acontecer com você e a sua empresa pode estar pagando mais impostos do que realmente deve.

Esse pagamento a mais de impostos ocorre porque muitos dos produtos que são adquiridos pelas empresas para revenda são tributados no momento da compra deles.

Dessa forma, como o tributo já foi pago na compra, no momento de revender não há a necessidade da sua empresa pagar novamente pelo mesmo imposto.

Com certeza, esse é dos maiores erros das empresas que pagam tributos a mais, pois não atentam-se a esse importante fator.

Não são todos os produtos, entretanto, que possuem o pagamento do imposto ou do tributo antecipado, ou seja, na hora em que você compra para revende-lo.

Alguns exemplos de produtos com pagamento de impostos antecipados são os refrigerantes, as cervejas e as peças automotivas.

Assim, eles precisam ser identificados como ICMS substituição tributária no momento da emissão do documento fiscal, para evitar que a sua empresa, que vende esses produtos, não pague o imposto duas vezes.

E como saber quando um produto não precisa ter sua tributação paga no momento da revenda por já ter sido na hora da compra pela empresa? Bom, para isso, é o seu contador e o seu fornecedor de software que irão lhe orientar.

Orientação para substituição tributária

Para que a sua empresa possa entender melhor os impostos de cada produto e impeça que haja o pagamento ou duplicidade da tributação sobre um produto, é preciso contar com um contador.

É ele que irá entender os impostos de cada produto e ajudará você a identificar no cadastro do sistema, gerando relatórios detalhados sobre as informações contidas nele.

Desse modo, com todas as informações em mãos, você poderá evitar de pagar impostos indevidos, ou seja, aqueles que já foram pagos no momento da compra do produto para revenda.

Além de ter um contador que seja qualificado para lhe auxiliar a evitar perder dinheiro com o pagamento duplo de tributos na substituição tributária, você ainda precisa contar com uma boa solução de software. Com um sistema de gestão (software) de qualidade, será possível que esses relatórios e essas informações sejam mais precisas, evitando qualquer problema que traga prejuízo financeiro à sua empresa.

Através deste link do Sebrae você poderá obter mais algumas informações a respeitos desse assunto: SEBRAE – Substituição Tributária

Conclusão

Como você viu, muitas vezes empresas pelo Brasil estão pagando mais impostos do que devem, ou seja, pagam uma taxa (que já é alta) ainda maior de tributos por falta de informações.

Neste texto, você pôde ver que o principal problema é a substituição tributária, que é quando um produto está com a configuração errada, o que quer dizer que já foi pago o tributo por ele no momento da compra para revenda.

Assim, não é necessário pagar novamente os impostos (municipais, estaduais e federais) no momento da venda, pois você acabará arcando com a “duplicidade de tributação”. Gostou do artigo de hoje para saber se a sua empresa está pagando mais impostos do que deveria?

Você precisa de um software completo para a gestão da sua empresa?

Está procurando uma solução de software completa e mais eficiente para a sua empresa? Nós ligamos para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *